Publicado em: qui, maio , 2014

Vereador vai fazer o papel de oposição e cobrar serviço

Jovano
Em uma sessão que consumiu a maior parte do tempo na Câmara de Vereadores em discussão em torno de quebra-molas, o vereador da base governista, Jovano Galego (PMDB), disse que terá que assumir o papel de oposição e cobrar serviço da Prefeitura.

Segundo o vereador Jovano, o residencial Dhema da Mata está sem infraestrutura básica, já que o bairro não tem um ponto de ônibus coberto para os estudantes, além de outros serviços, como uma escola para atender os estudantes daquela região e sinalização do trânsito.

“Se o município não fizer um ponto de ônibus no Dhema da Mata, eu me juntarei aos moradores e vamos colocar as estacas e uma cobertura para os alunos esperarem o transporte”, disse Jovano Galego.

O presidente da Associação de Moradores do Dhema da Mata, Genivaldo Braz, disse que já teve uma conversa com o prefeito Ival Avelar, onde ficou a promessa de que as reivindicações serão atendidas no mais breve possível.

Jovano disse ainda que cansou de cobrar e não obter resposta dos órgãos responsável pelos serviços.

O pedido de construção de ponto de ônibus para os estudantes deve partir da Secretaria da Educação, encaminhado à Secretaria de Infraestrutura e Obras.

A secretária Nara Núbia, em contato com nossa produção, disse que já está analisando a melhor forma para a resolução dos problemas relacionados com os pontos de ônibus naquele setor, mas não adiantou data para a construção dos referidos pontos cobertos, cobrada pelo vereador.