Publicado em: qui, maio , 2017

Rúbia é a pessoa mais competente para assumir a Secretaria de Saúde


A Secretaria de Saúde de Jaraguá pela primeira vez na história política do município tem uma secretária e mais uma ex-secretária para gerir a pasta, considerada uma das mais complexas e a que mais recebe recursos estadual e federal.

Quase impossível deixar uma secretaria tão complexa sem responder um procedimento investigatório do MP, ou mesmo sem deixar pendências no TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) , embora isso não seja uma regra.

Antes da posse do prefeito Zilomar Oliveira (PSDB), em entrevista coletiva para imprensa, que aconteceu em sua empresa, ao ser questionado sobre a escolha de uma profissional que não era de Jaraguá para administrar a Secretaria de Saúde, ele respondeu com uma pergunta: “aponte-me um só nome que tenha a qualificação da Fabiana Lopes em Jaraguá para administrar a saúde”? Fabiana Lopes é a ex-secretária que o prefeito havia se referido na entrevista.

Com a saída de Fabiana Lopes da linha de frente da administração da Sec. Saúde, a Primeira-dama Rúbia Oliveira assumiu a pasta, acumulando cargo com a Fundação Grace Machado, onde preside como chefe da Assistência Social.

Ou seja, para o prefeito, se não havia ninguém tão competente para assumir a saúde, logo sua esposa se enquadra como a pessoa ideal para corresponder com as atribuições do órgão.

Nas redes sociais, a repercussão foi imediata, ou seja, houve clara manifestação de profissionais alegando que em Jaraguá não havia pessoas qualificadas para assumir uma secretaria, ou pelo menos não tinha. Rúbia Oliveira tem especialidade em saúde pública.