Pubicado em: ter, abr 9th, 2013

Mulheres em cargo de chefia está em alta no Brasil

Mulheres no poder 3Representando quase 21,4% dos empreendedores, as mulheres vêm ocupando cargos de chefia que antes só eram ocupados por homens. Com bom nível de escolaridade ou formação além da licenciatura, em Jaraguá — as mulheres ocupam os cargos mais relevantes do poder público, dentre eles; a Delegacia de Polícia, Câmara de Vereadores, Fundação Grace Machado e Ministério Público.

Ficou longe o tempo em que as mulheres eram vistas apenas como esposa, mãe e cuidadora do lar. Nos últimos 40 anos o número de mulheres que assumiram cargos de chefia cresceu de forma evolutiva e rápida, sendo que hoje — elas já representam quase que 50% dos que administram o mundo dos negócios.

Nas grandes empresas, as mulheres ocupam cargos complexos, que antes só eram contratadas para serviços mais leves —, em recursos humanos e na administração na parte de documentos, por exemplo. Hoje, elas estão no topo das profissões que, por longos anos só eram concorridos entre os homens, incluindo serviços considerados pesados, como operadoras de maquinas automatizadas; no serviço de campo e até no comando de grandes aeronaves.

Países que são ou foram governados por mulheres

Mapa do Poder Feminino

Nos negócios, o cenário também não é diferente. No Brasil, mulheres estão ou estiveram à frente de grandes empresas como Petrobras (Graça Foster), GM Brasil (Grace Lieblein), Magazine Luiza (Luiza Trajano) e GE (Adriana Machado). E o destaque da atuação feminina em cargos de direção e comando no Brasil tem respaldo em estatísticas. De acordo com dados de uma pesquisa realizada pela Michael Page, a presença de mulheres nas funções de liderança cresceu em 2011, passando de 4% em 2010 para 8%, motivada, principalmente, pelas áreas de Finanças e Vendas e Marketing.

Em Jaraguá, a presidência da Câmara é ocupada por uma mulher; a vereadora, Maria Maura, a primeira mulher a presidir o Poder Legislativo. A Delegacia de Polícia é presidida também por uma mulher; a gaúcha — Fabiane Drews. No âmbito da justiça, está a promotora, Priscila Leão Tuma — além de outras mulheres que passaram pelo município, como a juíza, Mariana Azevedo, e, atualmente está na comarca a juíza, Dayana Moreira. Na direção da Fundação Grace Machado, está a primeira-dama, Divina Avelar.

Na esfera política, talvez, outro nome não será tão lembrado quanto o da presidenta, Dilma Rousseff. Em outros 16 países, estão as mulheres, dirigindo a nação — cargos estes que, na maioria das vezes são disputados por homens influentes, famosos e ricos.

Cada vez mais independentes, as mulheres não se preocupam em dependência financeira do homem, procurando os caminhos mais propícios para manter-se longe do domínio masculino, sendo um deles, uma faculdade ou abrindo sua própria empresa.

Fonte de pesquisa: IBGE