Publicado em: qua, maio , 2017

Mães estão dando à luz em ambulância e hospital sem médicos, diz vereador


Sem especialidades médicas à altura do governo que prometeu investimento na saúde, educação, cultura e segurança, o Hospital Municipal Dr. Sandino de Amorim passa por momentos de transição turbulentos, sem diferença da gestão passada, no governo de Ival Avelar.

Sem cirurgias eletivas que possa atender de forma ágil os pacientes já agendados pela Secretaria de Saúde, a falta de médicos especialistas só agrava a situação da saúde pública em Jaraguá.

O vereador Valdeni Galinha (PSD), apresentou um requerimento solicitando a contratação urgente de médicos ortopedistas e ginecologistas na unidade hospitalar.

Segundo o vereador, mães estão dando a luz dentro de ambulância, à caminho de hospitais em Goiânia e Anápolis, o que causa indignação pela inoperância do sistema de saúde municipal.

Outro vereador, José Sabiá (PRB), disse que na gestão do prefeito Ival Avelar, quando ele era diretor do hospital, a unidade tinha sete especialidades médicas, diferente de hoje, apoiando o projeto de Valdeni Galinha.

Há promessas da atual administração de que o Hospital Municipal passe a ser gerido pela OS (Organização Social), já no segundo semestre.

O governador Marconi Perillo, em passagem por Jaraguá na caravana do Goiás na Frente, disse que o processo de estadualização do HMJ está em andamento, sem falar em quadro clínico que possa melhorar o atendimento à população.