Publicado em: ter, abr , 2014

Encontro de motociclistas em Goianésia foi marcado com luto

Motociclistas em Goianésia
O início do evento dos motociclistas em Goianésia foi marcado pela dor da família de um rapaz de apenas 20 anos que morreu na BR-080, quando iria tomar o rumo à Goianésia, para participar do Encontro de Motociclistas.

Segundo informações levantadas na manhã deste sábado, junto ao delegado de Polícia, Marco Antônio Maia, Felipe de Souza, 20 anos, estava vindo de Brasília para participar do evento “Encontro dos Motociclistas”, na cidade de Goianésia.

Marco Antônio contou à nossa reportagem que até o distrito de Assunção de Goiás, na BR-080, Felipe veio de carro, junto da namorada, trazendo uma moto de alta potência na carroceria do veículo, mas de lá para Goianésia ele resolveu já entrar no clima do evento com os amigos que o acompanhava de moto.

A Polícia apurou que Felipe começou a pilotar a moto em Assunção de Goiás e no trajeto rumo à Goianésia o rapaz chegou a ultrapassar os 200 km/h pela rodovia.

Ainda em alta velocidade, Felipe avistou o trevo da BR-080 com a GO-080, no município de Barro Alto onde existe a entrada para Goianésia, mas no momento um caminhão fazia uma manobra na pista.

Como estava acima da velocidade permitida no local, Felipe aproximou rapidamente do caminhão com sua moto e mesmo freando (marcas na pista de 60 metros de frenagem), o jovem não conseguiu parar a motocicleta e acabou colidindo no veículo.

A força do impacto foi tamanha que a moto ficou destruída. O rapaz sofreu várias fraturas pelo corpo, inclusive em uma das pernas e no braço e um ferimento grave na face e acabou morrendo no local, quase instantaneamente.

Logo atrás, a namorada do rapaz aproximou do local e mesmo de longe percebeu o que havia acontecido. No início da noite, famílias de Felipe compareceram na delegacia.

Jornal O Correio Goiano