Publicado em: qui, jun , 2014

Chefe da SMT apresenta projetos para melhoria do trânsito

SMT Jaraguá
Após ser questionado por vereador, o superintendente da SMT, Claudemar da Silva (Brutos), apresentou os trabalhos que estão sendo realizados para a melhoria do trânsito em Jaraguá, em especial, os novos semáforos de leds que estão sendo instalados, substituindo os antigos que, rotineiramente estão em pane.

Os semáforos da Avenida Cel. Tubertino Rios estão sendo substituídos por outros de leds, sendo mais econômico, duráveis e com melhor visibilidade para os motoristas, devido sua alta intensidade de luz.

Outro ponto considerado critico também terá um semáforo, que é nos cruzamentos das avenidas Presidente Kenedy com a Clésio Gomes, no sentido Centro – Vila São José.

Somente com a troca dos semáforos foram investidos mais de R$ 150 mil, disse o superintendente.

Critérios para instalação dos redutores

Sobre o critério adotado para instalação de lombadas e redutores de velocidade, Claudemar disse que o técnico da SMT acompanha de perto os trabalhos, orientando onde deve ser instalados os redutores.

Ainda segundo o superintendente, ao responder as indagações do vereador Roberto Damasceno (PP), quanto aos critérios, ele diz que os redutores são instalados nos locais mais críticos e que oferece maior risco aos pedestres, como nas portas de escolas, igrejas e em alguns cruzamentos. “Acredito que as indagações são especulações política, no entanto, convido todos os vereadores a visitarem a SMT e conhecer pessoalmente nossos projetos para o trânsito de Jaraguá”, disse Claudemar.

Questionado se o vereador Roberto Moreira já havia visitado a Superintendência, Claudemar disse que não. Pelo menos em minha gestão, frisou. Como vereador, ele tem o direito de indagar, já que os vereadores são os fiscais o povo, porém, eu o convido para ver de perto nossos trabalhos e projetos de trânsito. Estamos prontos para acatar opinião que sejam de interesse da população, complementou.

Outras obras que vão ser realizadas pela SMT, são as sinalizações horizontais, melhorando o controle e fluxo dos veículos. Quanto à qualidade das tintas utilizadas na sinalização, o que parece não ser de boa qualidade, o superintendente disse que já há uma reunião agendada com o prefeito Ival Avelar para discutir esse assunto, pois a tinta que a Prefeitura está comprando deveria ser de boa qualidade, o que já está apresentando problemas, nesse caso, a empresa fornecedora será questionada sobre os produtos vendidos, pontuou Claudemar.

As pessoas reclamam da falta de sinalização, portanto, esse não é o único motivo para justificar tantos acidentes. Os motoristas que trafegam em alta velocidade, sabem que, em perímetro urbano, a velocidade não pode ultrapassar 40 km por hora, concluiu.