Publicado em: seg, maio , 2014

Atlético-MG perde para o Goiás no Independência

t_113195_bom-desempenho-de-renan-nas-primeiras-rodadas-garantiu-invencibilidade-da-defesa-esmeraldina
A ressaca da eliminação na Libertadores da América segue no ambiente do Atlético-MG. Com vários desfalques, remendado e diante de uma Arena Independência vazio, o time comandado por Levir Culpi perdeu por 1 a 0 para o Goiás neste domingo, em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. David fez o único gol do jogo.

Com o resultado, o time é apenas o 17º colocado na competição, com um ponto. O Goiás, por sua vez, é o quarto mais bem posicionado, com sete pontos.

O Galo entrou em campo com várias mudanças em relação ao time que foi titular contra o Atlético Nacional. Leonardo Silva, Pierre, Leandro Donizete e Diego Tardelli – que se envolveu em uma polêmica com o técnico Levir Culpi após a queda na competição continental – foram poupados. Ronaldinho Gaúcho foi desfalque por causa de uma lesão muscular na coxa.

Assim, Réver, Fillipe Soutto, Claudinei, Marion e Guilherme ganharam vaga entre os titulares. Para completar a lista do departamento médico do clube, Jô, aos 14 minutos do primeiro tempo, saiu por precaução, após sentir dores na parte interna do joelho direito.

A primeira etapa, o Atlético-MG começou melhor jogo e quase fez um golaço aos 12 minutos. Réver avançou e tocou para Marion. O meia passou para Fernandinho, que cruzou. Réver, então, arriscou uma bicicleta. A bola pegou no travessão do goleiro Renan.

O Goiás começou a melhorar a partir dos 20 minutos e chegou duas vezes com Ramón e outra com Araújo – Victor foi bem seguro e defendeu sem dificuldades. O time goiano ainda teve um gol anulado corretamente aos 34 minutos, de Araújo, que estava impedido.

No segundo tempo, os visitantes abriram o placar aos 23 minutos. Depois de um cruzamento na área, a zaga do Atlético-MG conseguiu afastar. Na sobra, o volante David chutou forte de fora da área. A bola deu um leve desvio em Rosinei antes de vencer Victor e morrer no fundo do gol.

Aos 38 minutos, o time visitante quase aumentou, mas Victor saiu bem e defendeu o chute de Erik. O Atlético-Mg tentou responder e quase empatou aos 40 minutos, quando Otamendi cabeceou e a bola foi para fora, raspando a trave direita de Renan.

Na próxima rodada, o Atlético-MG enfrenta o Cruzeiro no Independência, às 16h, no domingo (11/5). O Goiás, por sua vez, viaja até São Paulo, onde enfrenta o Palmeiras no Pacaembu às 18h30 do sábado (10/5).

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 0 X 1 GOIÁS

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data: 4 de maio de 2014, domingo

Horário: 18h30 (de Brasília)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa (RJ) e Diogo Carvalho Silva (RJ)

Público: 6.029 torcedores

Renda: R$ 129.530, 00

Cartões Amarelos: Claudinei, Victor (Atlético-MG) e Tiago Real (Goiás)

Gol: GOIÁS: David, aos 23 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Victor; Alex, Réver, Otamendi e Emerson Conceição; Claudinei, Fillipe Soutto (Rosinei) e Guilherme (André); Marion, Fernandinho e Jô (Dátolo)

Técnico: Levir Culpi

GOIÁS: Renan, Vitor (Wellinton Júnior), Jackson, Alex Alves e Lima; Amaral, Thiago Mendes, David, Ramon (João Paulo) e Tiago Real; Araújo (Erick)

Técnico: Ricardo Drubscky