Publicado em: seg, maio , 2014

Angélica faz juras de amor e diz que “adora uma briga”

Angélica2
No “Domingão do Faustão”, deste domingo (25), Luciano Huck participou do “Arquivo Confidencial” e recebeu homenagem de amigos e familiares. O apresentador segurou as lágrimas, mas trocou elogios e juras de amor com a sua esposa, Angélica.

“A gente se escolheu para a vida.  A gente vem construindo uma história muito legal”, inciou Angélica, em vídeo gravado. “Todo casal tem problema, mas quase não brigamos. Por mim, nós brigaríamos mais. O Luciano é da paz. Eu adoro uma briga.  Ele evita. Ele não gosta de discutir relação. Nada disso”, acrescentou. “Eu sou emoção e ele a razão e a gente se dá bem nessa. A parte mais difícil é ter que dividi-lo com muita gente, porque eu sou ciumenta”, admitiu a apresentadora.

Ao ouvir as palavras da esposa, Huck respirou fundo e discursou. “As pessoas acham que o relacionamento, por sermos pessoas famosas, é superficial. Mas o nosso amor é tão verdadeiro, ela é tão minha parceira, todo o dia que ela acorda eu a acho linda… Angélica teria tudo para ser deslumbrada –começou na TV com cinco anos–, mas é uma mulher normal. Aprendi muito com ela”, contou. “Nós somos uma família de verdade. Me vejo velhinho, narigudo junto com ela”, acrescentou Huck, em seguida.

Em 2013, surgiram boatos na imprensa de que Luciano Huck seria infiel e de que o casamento entre os dois estaria em crise. Angélica fez questão de desmentir e disse que “o que estamos vivendo é maior do que qualquer fofoca, mentira”.

Além de Angélica, prestaram homenagem Otávio Mesquita, Ronaldo Fenômeno, o ator americano Ashton Kutcher, o surfista Kelly Slater, o fotógrafo J. R. Duran e Joana Prado, a eterna “Feiticeira”.

José Junior, do Afroreggae, também o homenageou. Disse que considerava Luciano Huck um “burguesão”, mas que a sua visão mudou depois que um integrante do grupo ficou tetraplégico e o apresentador se ofereceu para ajudá-lo, sem divulgação do assunto.